Terça-feira, 13 de Novembro de 2007

Bom Dia

((Não sei quem escreveu, li e achei bonito.))

 

Bom Dia

Quando te levantas-te pela manhã, Eu já havia preparado o Sol para aquecer o teu Dia, e o alimento para te alimentares.

Sim, Eu providenciei tudo isso, enquanto vigiava e guardava o teu sono, tua família , tua casa. Esperei pelo teu "Bom Dia", mas tu esqueceste-te!....

Bem, tu parecias ter pressa, Eu perdoei!...

O Sol apareceu, as Flores deram o seu perfume, a brisa da manhã acompanhou-te e tu nem pensas-te que Eu havia preparado tudo para ti. Teus familiares sorriam, teus colegas te saudaram, tu trabalhas-te, estudas-te, viajas-te, realizas-te negócios , alcanças-te vitórias, mas.... não percebes-te que Eu estava cooperando contigo, e mais teria feito, se me tivesses dado uma oportunidade.

Eu sei, tu corres tanto... Eu perdoei!...

Tu lês-te bastante, ouvis-te muita coisa, vis-te mais ainda, e não tiveste tempo de ler e ouvir a Minha palavra. Eu quis falar, mas tu não paras-te para ouvir. Eu quis aconselhar-te, mas tu nem pensas-te nessa possibilidade. Teus olhos, pensamentos e palavras seriam melhores. O mal seria menor e o bem, muito maior em tua Vida.

Esqueceste-te que Eu Desejo a tua participação no Meu Reino, com a tua vida, o teu tempo, os teus talentos!

Findou o Dia!

Tu voltas para casa.

Mandei a Lua e as Estrelas tornarem a noite mais bonita para te lembrar o Meu Amor por Ti!

Certamente, agora, tu vais dizer "Obrigada" e "Boa Noite"!

psiuu ....estás a ouvir-me?

Que pena...já adormeces-te!

Boa Noite, Dorme bem, Eu fico Velando por Ti!

E quando, enfim quiseres saber quem Eu sou, pergunta ao Riacho que Murmura e ao Pássaro que Canta, à Flor que Desabrocha e a Estrela que Cintila, ao Moço que Espera e ao Velho que Recorda.

Chamo-Me Amor, o remédio para todos os males que te atormentam o Espírito .

Eu Sou Jesus!

publicado por lucilia_cunha às 14:01

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Terça-feira, 6 de Novembro de 2007

Partilho contigo....

"Cila , quando alguém morre, ficamos tão pequenos e divinos...

Quero descobrir aquilo que tem realmente importância nesta vida, nada tem importância quando conseguimos colocar o coração a cantar...Que as lágrimas de tristeza se possam transformar em lágrimas de alegria para toda a vida. Isso é o que todo o Pai quer para os seus filhos, sê sábia... Faz isso em minha memória, e uma nova estrela algures no universo nasce e diz.... "Valeu a pena morrer a minha filha descobriu a única coisa que é realmente, realmente importante."

Esta foi uma mensagem que recebi, num dos dias mais difíceis da minha vida. Hoje partilho com todos, mas em especial contigo Gi , na esperança que de algum modo ela possa levar serenidade ao teu coração, estou longe de imaginar como te sentes, mas infelizmente conheço bem de perto a dor da perda de um "AMIGO", faço a mensagem chegar desta forma pois acredito que a seguir a esta muitas mais vão chegar, algumas talvez não te digam nada, mas quem sabe  se outras  te dizem tanto, que te possam acompanhar nesta jornada a que todos chama-mos Vida. É este o meu desejo.... 

publicado por lucilia_cunha às 15:31

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 5 de Novembro de 2007

Ao Tempo o Tempo - (escrito por Sílvia Schmidt)

Se o teu lugar agora parece-te frio e sem atractivos ,

Se não há ninguém agora que te inspire a falar ou a ouvir,

Se o vento lá fora parece não soprar a teu favor,

Se nenhuma palavra consegue agora tocar o teu coração,

Se não sentes vontade de nada,

Se queres simplesmente fazer nada,

Se as coisas da terra te parecem opacas e sem graça,

Se as coisas do céu agora te parecem mentiras, histórias inventadas,

Se teu corpo não quer exercícios , não quer esforços, só quer espreguiçar-se ,

Se agora nada desperta a tua vontade de crescer, de ir adiante, de abraçar aventuras, desafios, novas metas, sonhos....

Se para tuas perguntas não chegam respostas,

Se olhares o relógio como a um inimigo cobrador,

DÁ UM TEMPO

O mar não espera pelo rio, no entanto o rio chega.

As arvores não anseiam por novas folhas, no entanto elas brotam.

As flores não imploram por chuva, mas a chuva , cedo ou tarde cai.

Os pássaros não se preocupam com o céu, no entanto ele lá está.

O dia não guarda ansiedade pelo descanso da noite, e ainda assim ela chega.

A noite não se abala com a própria escuridão, repousando na certeza de que o dia virá

A semente precisa do escuro da terra para abrir-se á luz na hora mais acertada.

Deus não apressa as sementes.

Ele as conhece e respeita-lhes o tempo.

Se neste momento és semente, sossega, respeita-te....

e dá um tempo.

sinto-me:
publicado por lucilia_cunha às 22:58

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Desafio Material

. Gigantes da Alma - "Emili...

. Oração a Mim Mesmo - de -...

. Bom Dia

. Partilho contigo....

. Ao Tempo o Tempo - (escri...

.arquivos

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.favoritos

. O Coração Humano Vicia-se

. Blogueira de coração

. O que se aprende com cria...

. Direito à fantasia

. Revolução na alma

. compra histórica!!!

. Que tenha de tudo, um pou...

. Quatro meses

. O que é o amor?

. Criar Beleza

blogs SAPO

.subscrever feeds